segunda-feira, 16 de novembro de 2015

Um dos textos lindos que ganhei..!

Todo mundo sabe que raramente estou em um único restaurante ou empresa. Não sou muito da rotina (até hoje né, porque a gente muda tanto ao longo dos anos..!), gosto de fazer mil coisas ao mesmo tempo e trabalhar pra varias pessoas me da a oportunidade de cansar muito menos e diversificar bastante. 
O trabalho mais recente foi para a Poró Saladas no Pote, que é da Mari Khaddour queridona e que me deu de presente esse lindo texto: 

" Mineira, nutricionista e cozinheira (ou vice e versa) que ama cozinhar, viajar, comer e beber. Assim se define essa grande profissional que é a Flávia. Uma querida, que entendeu e abraçou a ideia da Poró de primeira, assim, logo de cara, como quando tem que ser mesmo, sabe? Como acontece quando as ideias convergem, quando há sintonia e a coisa flui.
Sua primeira formação foi em Nutrição, mas logo sentiu interesse e necessidade em ampliar sua atuação na cozinha. Formada e especializada nas melhores escolas da Espanha, ela acumula uma experiência de 15 anos na gastronomia. Já coordenou equipes de nutrição de um grupo de hospitais, já passou por restaurantes de renome no Brasil e no exterior, trabalhou com chefs estrelados pelo mundo e hoje, além de professora do Senac de Gastronomia e Nutrição, participa de um dos projetos mais inovadores, ao lado do FERRAN ADRIA , no El Bulli Lab. Uma plataforma educativa, um novo mundo e uma maneira de pensar e de criar absolutamente incrível!
E para a Poró Salada no Pote, é mais que uma honra tê-la conosco! É o sinal de que estamos no caminho certo! Ter pessoas conosco que também apreciam o prazer da boa comida! Comida de gente feliz, saudável, de bem com a vida. Gente que busca o equilíbrio e o respeito à vida! Isso é essencial pra gente!
Obrigada Flávia! Emoticon heart " 

A foto é do maridão, vocês já sabem! ;) #pedrocuryphoto

Obrigada a você, Mari! E a todos os clientes maravilhosos de BH que nos receberam de braços abertos e que estão adorando nossas saladinhas! 

Só tenho a agradecer! 


quinta-feira, 3 de setembro de 2015

El Bulli Lab


E aqui estoy otra vez! 
Como diria meu querido amigo Felipe Rameh "você sempre da um jeito de voltar" ! 
Dou sim! Amo esse país, todo mundo sabe. 
Decidi fazer parte da equipe e mandei meus documentos. Fui chamada! êêê! 
Fico aqui até dezembro, vou contando tudo o que puder pra vocês! 


terça-feira, 1 de setembro de 2015

Biomassa



                                                                     Foto: Pedro Cury

Essa foi nossa incrível e deliciosa sobremesa apresentada no Rio Gastronomia 2015! 
Foi maravilhoso participar com as nutris Fabiane Alheira e Amanda Viola, da aula de Gastronomia Funcional. Só tenho a agradecer! 

Fizemos um sorvete de biomassa e cranberry (sem açúcar!!) com calda de frutas vermelhas, pimenta e canela, acompanhado de um brownie de biomassa sem farinha! Demais, né? 

Deixo pra vocês a receita da biomassa: 

Ingredientes: 
Banana bem verde (qualquer tipo, uso prata) 
Água 

Utensílios:
Panela de pressão 
Liquidificador ou processador 

Modo de fazer: 
1- Corte as bananas bem na base, de modo que elas fiquem completamente fechadas na casca. 
2- Acomode-as na panela de pressão e cubra com água. 
3- Quando começar a apitar conte 20 minutos. Finalizado o tempo, abra a panela com cuidado. Descasque e processe as bananas cozidas ainda quentes. 

Ta pronto! A biomassa dura 5 dias na geladeira e pode ser congelada por até 6 meses. 

quinta-feira, 27 de agosto de 2015

Carne na cerveja





Essa é uma das melhores receitas que tenho. Simples, barata e infalível se todos os passos forem seguidos com amor!

Combina bem com folhas verdes crocantes, um bom pão e maionese de limão, que é só juntar raspas e suco de um limão e um dente de alho a 5 colheres de sopa de maionese. 


Ingredientes:
400gr de chã de dentro picado em cubos grandes
50gr de bacon
2 linguiças calabresas finas
1 cebola
3 dentes de alho
1 cenoura
2 latas de cerveja 
extrato de tomate
1 colher de sopa de açúcar mascavo
noz moscada
páprica picante
sal, pimenta do reino

Modo de fazer:
1-     Na panela de pressão, doure a carne no azeite pouco a pouco para que não solte água. Reserve em um recipiente. Na mesma panela adicione alho, páprica, cebola, cenoura, bacon e linguiça picadinhos, nesta ordem. Adicione a carne dourada.
2-    Regue com a cerveja e extrato de tomate, coloque os temperos e tampe a panela de pressão.

3-    Cozinhe por 1:10 hora aproximadamente. A carne vai desmanchar e mergulhar na gordura do bacon e da linguiça.. Fica delicioso! 

Tenho a mania de abrir a panela na metade da cocção pra ver o que está acontecendo..rs! 

Receitinha diva que serve pra sanduíches, molhos de massas, recheios..! 


terça-feira, 25 de agosto de 2015

Hambúrguer de Quinua





Pode ser quinua ou quinoa, tá gente. Lá no Peru, a pronúncia é quínua, e vocês acreditam que existem mais de 3 mil tipos catalogados ? Pois é, vi essa informação no Museo de la Gastronomia, em Lima. 

Bom, vamos à receita: 

Ingredientes: 
- 500gr de quinua cozida (um pacote de 250 rende 750gr do grão cozido) 
- 1/4 de cebola em brunoise
- 3 dentes de alho em brunoise
- 2 colheres de sopa de alho poró em juliene
- 1/2 xícara de farinha de trigo 
- 4 colheres de sopa de semente de chia 
- 1 ovo 
- 1/2 xícara de amendoim torrado e picado
- páprica picante, pimenta do reino, sal. 

Modo de fazer: 
1- Cozinhando a quinua: colocamos na panela os grãos de quinua e cobrimos com água. Quando começar a ferver contamos 10 minutos em fogo baixo. Após esse tempo, apagamos o fogo e deixamos mais 10 minutos na panela tampada para que ela termine de cozinhar. Se for preciso, coe. 
2- Em uma frigideira refogamos alho e páprica, adicionamos alho poró, cebola. 
3- Em uma tigela colocamos todos os ingredientes, misturamos bem até dar ponto de hambúrguer. O importante é ficar atento a isso para avaliar se precisamos de um pouco mais de farinha, por exemplo. 
4- Molde os hamburguers e doure em uma frigideira com um fio de azeite. Não testei assar, mas pode ser uma boa ideia. 

Ficaram deliciosos! 

segunda-feira, 25 de maio de 2015

Iogurte natural caseiro

Eu gosto quando a direção do vento muda, gosto quando a vida te desafia, quando ela mesma te tira da rede balançando confortavelmente e te lança no sopro desse vento, novo, e quem sabe mais leve e feliz. 
Tudo dentro da normalidade, é só mais um ciclo se concluindo.  



Minha última postagem foi em 26 de maio de 2014!! Exatamente há um ano atrás! Ahh.. os ciclos.. ! 

Pra começar este renovo, vou deixar registrada minha receita de iogurte natural, caseiro e artesanal, do qual estou completamente apaixonada. 

Ingredientes: 
- 1 litro de leite semi desnatado de boa qualidade, pasteurizado 
- 1 iogurte natural sem sabor, semi desnatado também de boa qualidade *

Modo de fazer: 
Amorne o leite e misture ao iogurte natural. Tampe com um pano limpo e deixe de um dia para outro em um lugar escuro e seco (deixei em cima da pia da cozinha durante a noite). As bactérias do iogurte vão crescer e se multiplicar lindamente no leite, formando um iogurte cremoso, saudável e muito econômico. 
Dá pra misturar com frutas, mel, baunilha ou raspas de limão! 

*Leia sempre os ingredientes no rótulo dos iogurtes industrializados. Nele deve conter apenas leite e fermento lácteo. 

segunda-feira, 26 de maio de 2014

Bicarbonato na Cozinha - Jamais!


                                                                                                                                  Foto: Arquivo Uol

Ontem li no jornal o desabafo da Chef Karen Couto, que comeu um espinafre lotado de bicarbonato em um de seus restaurantes favoritos. 
Aproveitei a deixa da Karen, porque também fico barbarizada com as porcarias que alguns cozinheiros fazem, com que finalidade não sei, já que o nosso objetivo é servir comida boa, segura, honesta e nutritiva. 

Para que vocês entendam melhor, o bicarbonato tem diversas funções na cozinha, a mais importante delas é fazer com que massas cresçam, assim como o fermento. Até aí tudo bem. 
O negócio é quando utilizam esse produto em outras preparações. Muita gente usa para acelerar a cocção de feijões e também para manter a coloração verde dos alimentos como espinafre, brócolis e vagem. 

O grande inconveniente é que o bicarbonato "rouba" vitaminas dos alimentos e neutraliza o pH do estômago, dificultando a ação de enzimas que quebram proteínas e também a absorção de Ferro, que só é feita em meio ácido. 

Portanto, nada de usar bicarbonato. 
Vamos deixar o feijão de molho e cozinhar na panela de pressão, e para manter verduras mais verdinhas podemos usar a cocção a vapor, ou a técnica do branqueamento que vou explicar passo a passo. 

1- Higienize verduras, legumes e frutas lavando em água corrente e deixando de molho em uma solução de 1L de água filtrada + 1 colher de sopa de água sanitária por 15 minutos. Enxaguamos e pronto. 

2- Colocamos uma panela com água para ferver. 

3- Preparamos uma tigela com água gelada e pedrinhas de gelo. 

4- Quando a água da panela ferver, coloque a verdura (brócolis, espinafre, vagem), conte 3 ou 4 minutos no máximo. Verduras devem estar crocantes, a não ser que você tenha alguma dificuldade de mastigação. Eu particularmente detesto brócolis molengas e esponjosos, sinal de que ficaram muito tempo cozinhando. 

5- Retire da fervura e mergulhe rapidamente na água gelada. O choque térmico também ajuda a fixar o clorofila! Yupi! Deixe alguns minutos até que o alimento esteja bem frio, escorra e voilá! Você pode congelar ou consumir imediatamente. 


O verdinho foi branqueado e o marrom cozido sem o banho frio. 

#forabicarbonato 
#imaginanacopa 

O desabafo você lê aqui.



quinta-feira, 10 de abril de 2014

Quiche light de aveia e espinafre




A foto foi tirada do celular - que é velho, eu sei, gente. Preciso trocá-lo. Na verdade nem ligo pra celular da moda, de marca e tals, mas minhas fotos não tem ficado lá essa maravilha que eu gostaria. Meu último telefone foi do meu irmão do meio que passou pra minha irmã mais nova e que passou pra mim, que sou a mais velha! Tudo ao contrário! 
Só que chega uma hora que a gente precisa evoluir. Em todos os aspectos da vida, lógico. 

Mas voltando á quiche de espinafre, postei na última terça feira e foi sucesso absoluto tanto aqui em casa, quanto no Facebook! 

Aí vai a receitinha: 

A massa:
2 xícaras de farinha de trigo
1 xícara de farelo de aveia
1/2 xícara de semente de linhaça inteira
200gr de manteiga
1 colher de sopa de água gelada

Modo de fazer: Amassar bem todos os ingredientes e deixar descansar por 10 minutos envolvida em plástico filme. 

O Recheio é livre. Fiz um refogado com espinafre, ricota, cebola caramelizada. 

A cobertura: 
3 ovos graúdos
200 ml de creme de leite
100 gr de qualquer queijo gostoso ralado (usei mussarela) 
Noz moscada a gosto
Sal

Modo de fazer: Bater tudo no liquidificador, menos o queijo. 

Montagem: 
Forre a forma de aro removível com a massa, deixando bem fininha. Faça uns furinhos com o garfo e leve ao forno por 10 minutos. 
Retire, acrescente o recheio, a cobertura e o queijo ralado e volte para o forno até a quiche ficar dourada por cima. 
Sirva com salada verde e uma bela taça de vinho! 


domingo, 19 de janeiro de 2014

Salmão em canudinhos



Essa semana tive tanta saudade daqui do blog.. Do tempo em que morava "nas bandas de lá", que me sentia mergulhada no mundo gastronômico real, sem parar, tudo e todos eram cozinha e que tinha muita novidade realmente emocionante pra postar. 

Não que hoje não seja legal. É sim. Tenho trabalhos que adoro, falo meu idioma e compro mamão papaia barato. 
Mas a saudade.. es muy grande! 
Vamos começar 2014 com uma receitinha bem básica de canudinhos de salmão e cream cheese. 

Ingredientes: 
- 1 pacote de canudinhos 
- 300 gr de salmão fresco e limpo
- 1 pote de cream cheese
- Ceboulette
- Flor de sal 

Modo de fazer: 
1- Limpar o salmão e picar bem fino. 
2- Misturar o cream cheese e a ceboulette picada. 
PS: Para picar a ceboulette ou qualquer erva, seque bem as mesmas, a tábua e a faca. Quanto mais seco tudo, mais fácil picar. 
3- Encher os canudinhos no momento de servir. 


domingo, 3 de novembro de 2013

Pipoca sem óleo - diet




Fica mais elegante chamá-la light, mas como tem 0% de óleo vamos chamar corretamente de diet. 
Não entendeu? 

É o seguinte: 

  • Alimentos diet são isentos totalmente (0%) de algum dos ingredientes tradicionais, não necessariamente açúcar, ok?! 

Ex: Se faço uma massa de panqueca sem ovos, colocando chia no lugar deles por exemplo, posso chamar a panqueca de diet. 

  • Alimentos com uma redução de 25% de qualquer ingrediente, esse sim, chamamos light

Ex: Se na mesma massa de panqueca, em lugar de 4, coloco 3 ovos, já posso chamar a massa de light. 

Entenderam? 

Agora o passo a passo da pipoca diet-de microondas-com milho normal! 

1- Em uma tigela de vidro coloque o milho. 
2- Adicione água até cobrir todo o milho. 
3- Tampe com plástico filme selando bem as bordas. 2 camadas são suficientes. Cobrimos para criar vapor dentro da tigela e assim a pipoca estoura. 
4- Leve ao microondas por aproximadamente 12 minutos em potência alta. O tempo vai depender da quantidade de água que colocamos, eu coloquei um pouco mais e tive que aumentar o tempo no micro. 
Se o tempo acabar e a pipoca ainda não estourou coloque 5 minutos mais e fique de olho. 

Quando ficar pronta, retire a tigela do micro com cuidado, estará super quente. 
Coloque um salzinho básico e nhac!!! 

PS: Claro que o sal não gruda muito, afinal o óleo serve de cola né minha gente!
 Mas.. quem precisa de tanto sal ?? =)

domingo, 13 de outubro de 2013

República gastronômica da China



Dos muitos livros sobre comida que tenho lido, esse é daqueles que faz a gente ficar horas sentada no sofá com os olhos grudados nas páginas e imaginando toda a aventura da jornalista e cozinheira Jen Lin-Liu. 

Ela nasceu nos Estados Unidos mas sua família é chinesa, então ela decide viver na China na tentativa de resgatar suas origens.
Como a moça não se identifica com nada a princípio, se matricula em um curso de culinária e cria seu círculo de amigos e trabalho em volta da comida. 
Assim começa essa história real que mesmo com todos os problemas atuais e resquícios do severo comunismo, me fez morrer de vontade de visitar o país. 



sexta-feira, 26 de julho de 2013

Beterrabas assadas




Quando publiquei minhas maravilhosas e suculentas beterrabas no Instagram, várias pessoas se surpreenderam ao vê-las assadas! 
Temos o hábito de comer beterrabas cruas raladas ou cozidas no feijão como nossas mães e avós fazem até hoje. 
Mas... assadas ??? 

Muito comum na Europa assarem verduras. Você já provou abobrinha, berinjela e até mesmo simples tomates assados ? Não ? Pois provem! Vocês vão se surpreender! 

Usei esse estojo para papillot da Lekue. É muito prático para cozinhar ou assar dando o efeito de vapor e além disso mais ecológico, já que não usamos papel alumínio. Também pode ser usado no microondas. Se você não tiver este utensílio, vai no alumínio mesmo! 

Ingredientes: 
- 1 beterraba grande cortada em gomos 
- Azeite de oliva
- Tomilho
- Gotas de vinagre balsâmico
- uma pitada de açúcar mascavo e sal

Modo de fazer: 
1- Se você for usar papel alumínio, coloque as beterrabas dentro, um fio de azeite, pitadas de sal e açúcar, gotas de balsâmico (opcional) e uma erva de sua preferência. Eu usei tomilho fresco. 
2- Feche bem fazendo um envelope para que não saia nada de vapor e leve ao forno por aproximadamente 40 minutos. 
3- Esse tipo de cocção potencializa os sabores, aromas, a textura e os nutrientes.

Tenho certeza que vocês vão adorar! 

Para mais informações sobre o estojo para assar, acesse: http://www.lekue.es/es/estuche-de-vapor-con-bandeja-1-2-pers-3404600

quinta-feira, 18 de julho de 2013

Molho de limão simples





Sabe aquele dia que você não tem nada fresco na geladeira mas quer surpreender e emocionar em um jantarzinho básico de quarta feira? Foi assim que esse molho surgiu no meu fogão.

Ingredientes para 2 pessoas: 

raspas de 2 limões
100gr de amêndoas - usei inteiras, com casca e picadas, mas as amêndoas em lascas são as mais indicadas
1 colher de sopa de manteiga
1 colher de chá de azeite de oliva
1 colher de chá rasa de lemon peper -tempero a base de limão e pimenta (opcional)
1 colher de chá rasa de açúcar mascavo (opcional)
queijo parmesão a gosto
Massa de sua preferência  

Modo de fazer:

1- Em uma frigideira anti aderente torre as amêndoas e reserve. 
2- Na mesma frigideira coloque a manteiga, azeite, lemon pepper, raspas de 1 limão e açúcar. 
3- Refogue apenas 2 minutos e apague o fogo. 
4- Incorpore as amêndoas e a massa. 
5- Finalize com as raspas do outro limão, flor de sal e queijo parmesão de boa qualidade ralado na hora.

Preparem-se para ouvir: hummmmm!!! ;)

terça-feira, 16 de julho de 2013

Nhoqui caseiro



A manhã de domingo passado em BH foi dedicada à confecção dos nhoquis da vovó. Cozinha a batata, separa os ingredientes, rala o queijo..No fim, um almoço delicioso, com salada de feijão branco e um molho de limão para acompanhar essa delícia. 
Vou descrever a receita do mesmo jeito que minha mãe explicou, ok?! 

"800 gramas de batata cozida e espremida. Coloque as batatas mornas com quatro colheres de leite em pó. Coloque a panela no fogo, misture até virar uma bola. Vai desgrudar da panela. Jogue num recipiente, coloque uma gema, 150 gramas de queijo parmesão, sal, pimenta do reino, noz moscada, misture bem. Coloque aos poucos 80 gramas de farinha de trigo até dar liga. Esfarinhe uma tábua e enrole o nhoqui, corta, joqua em água fervendo, quando subir tira com a espumadeira e joga em água fria, escorra, coloque no refratário." 


Facinho, né ?? E o nhoqui mais leve e saboroso que você vai comer na vida! Vale muito a pena fazer!  

segunda-feira, 3 de junho de 2013

Sobremesa linda e saudável



Quem diria que simples frutinhas poderiam enriquecer tanto uma sobremesa, mesmo que de domingo! 

É só picá-las em pedaços delicados e dispor em um potinho charmoso.
Minha sogra preparou e fechou o almoço com chave de ouro!
Flores comestíveis dão um glamour ainda maior. 

Boa semana!

quinta-feira, 16 de maio de 2013

Legumes na abóbora




Fiz essa receita especialmente para o dia das mães já que a minha é vegetariana. 
Escolhi alguns legumes, dei uma boa refogada, cozinhei a abóbora - que é uma tijela comestível boa demais da conta - mergulhei tudo no catupiry e levei ao forno. Dá próxima vez eu mergulho no queijo brie. Acho que vai ficar delicious!

Ingredientes para uma abóbora moranga média:
- 1/2 cebola em brunoise
- 1 cenoura em dados
- 1/2 beringela em dados
- 1 ramo de brócolis americano em galhos pequenos
- 1 alho poró em rodelas, a parte branca apenas
- 1 ramo de aspargos verdes
- 1 lata pequena de tomate pelatti
- Azeite de oliva, sal
- queijo brie (pode ser qualquer um que derreta, mas o brie vai ser sensacional!) 

Modo de fazer: 
1- Lave a abóbora inteira e corte a tampa com uma faca bem afiada. Retire as sementes e a polpa. Sempre asso as sementes no forno com um pouco de sal. São deliciosas como aperitivo!
2- Coloque a abóbora em uma travessa com água, com a parte aberta para baixo e salpique sal e açúcar. Cozinhe até ficar macia. Retire do forno e reserve. 
3- Em uma panela com azeite refogue o alho poró, a cebola, a cenoura e a beringela, nessa ordem. Dê de 3 a 4 minutos de distância na hora de incorporar o ingredientes. 

Lembre-se: Cada verdura tem um tempo de cocção. E o que nós queremos são verduras crocantes, mas cozidas!

4- Acrescente o tomate pelatti, dê uma fervura de 4 minutos e adicione o brócolis. 
5- Os aspargos devem ser levemente grelhados em uma frigideira anti-aderente antes de serem adicionados. Retirei as pontas para colocar no final, e o cabo piquei em rodelas não muito finas. 

Montagem: 
Coloque os legumes dentro da abóbora intercalando com o queijo. Leve ao forno por 10 minutos aprox com muito queijo em cima e as pontinhas dos aspargos. 

PS: os veganos podem substituir o queijo por leite vegetal engrossado. Vou dar uma receita bacanérrima pra vocês! 

Bom fim de semana! 

terça-feira, 30 de abril de 2013

Frutas e verduras de temporada - Maio





O mês de maio chegou! 


Mês das mães, das noivas, do trabalhador e de encher a mesa com os produtos de temporada, que são os que crescem e amadurecem no tempo certo, sem precisar de hormônios e outros aditivos químicos. 
Eles são mais gostosos e tem mais nutrientes - muitas vitaminas e minerais. 
Essa é a vantagem de utilizar alimentos de época. Quem nunca comeu uma fruta aguada,  seca, sem graça? Porque estava fora do seu tempo. 
Além disso, os preços dos alimentos são bem mais baixos quando estão em abundante produção.  Esses alimentos são produzidos normalmente em fazendas próximas aos pontos de distribuição, evitando assim o desperdício e economizando combustível no transporte. Ponto para o meio ambiente!

Os produtos de grande safra em maio são: 


Frutas – abacate, banana-maçã, caqui, jaca, kiwi, maçã, pera, tangerina e uva.
Verduras – alho-poró, almeirão, erva-doce, louro, nabo.
Legumes – abóbora, abobrinha, batata-doce, berinjela, beterraba, cará, cenoura, chuchu, inhame, mandioca, mandioquinha, nabo e rabanete.
Leve a listinha pra feira! 

segunda-feira, 8 de abril de 2013

O que refogar primeiro: o alho ou a cebola?



Cada um tem uma técnica culinária. Depende do país, da época e das manias do cozinheiro. 
E na cozinha também não há verdade absoluta. Dizem que temperos naturais que já ficam prontos não dão o mesmo sabor, mas a comida de muitas avós que pré-preparam potinhos de alho, cebola e cheiro verde batidos, são muito melhores que as nossas.
A cozinha não é só técnica pura. É feeling, intuição, carinho..! 

Na Espanha eu aprendi que se colocarmos na panela óleo e acrescentarmos o alho na panela ainda fria, os aromas do alho se soltam melhor, vão passando para o óleo pouco a pouco, a medida que a temperatura sobe. Se jogarmos o alho na panela já quente, os poros se fecham, liberando muito menos aromas. 

Portanto, para cozinhar como os espanhóis anote: 

  • primeiro o alho no óleo frio, vá esquentando lentamente, doure um minuto e acrescente a cebola.


E você? Tem segredinhos gastronômicos? Alguma técnica infalível? Conta pra gente! 



terça-feira, 2 de abril de 2013

Medidas de higiene na cozinha




Muita gente tem dúvidas quanto a higiene da cozinha. Na verdade não tem segredo nenhum. O mais importante é usar água e sabão, enxaguar corretamente e nunca misturar produtos de limpeza. Cozinha limpa é saúde na mesa da família.


  • Como limpar bancadas?
Passe a esponja com detergente em toda a superfície e enxague bem. Feito isso você pode passar álcool ou outro produto de sua preferência.

  • Como limpar o fogão?
É super importante ler o manual de instruções do seu. O meu que é de vidro, só pode ser limpo depois de frio, com água e detergente neutro apenas. Nada de desengordurantes, multiusos, etc.

  • Como limpar geladeira?
Por dentro a mesma coisa: detergente e água! Não se esqueça de enxaguar bem. Se sua geladeira for inox, passe por fora dela apenas um pano úmido e seque imediatamente.

  • Como limpar esponjas?
Devem ser trocadas semanalmente. A cada 2 dias coloque no microondas úmida, durante 1 minuto para matar as bactérias  Nunca deixe esponjas em recipientes cheios d'água ou dentro da pia. Quanto mais água maior o crescimento de bactérias.

  • Como limpar panos de prato?
Ele não foi feito pra secar suor, limpar a boca e ficar dependurado no ombro do cozinheiro. Foi feito para ajudar a pegar recipientes quentes! Também não deve ser usado para secar utensílios. A maioria deles solta fiapos de tecido e raramente estão livres de bactérias. Deve ser trocado frequentemente.

  • Como limpar panos de pia (perfex, etc)?
Devem ser lavados diariamente e mantidos secos. Você pode deixar de molho em água sanitária a cada 2 dias para uma completa limpeza.

  • Como higienizar verduras e legumes?
Lave primeiro cada peça em água corrente. Faça uma solução de água filtrada - 1 litro, para 1 colher de sopa de água sanitária e deixe submerso por 20 minutos. Enxague bem. As verduras de folha devem ser lavadas uma a uma.

Para saber como armazenar corretamente os alimentos clique aqui

terça-feira, 26 de março de 2013

Bolo-pudim de mandioca e coco





Mais uma relíquia do livro de receitas da vovó, que tenho passado a limpo a medida que o tempo vai sobrando. 
Os últimos meses foram um pouco agitados: nossa casa sendo montada, móveis chegando, pedreiros instalando o cantinho glamuroso do fogão e muitas aulas sendo preparadas.
Agora que a poeira está baixando, sobrou tempo e energia para preparar o primeiro bolinho desta casa! 

Ingredientes: 

  • 4 ovos orgânicos, frescos
  • 1 vidro de leite de coco
  • 1 xícara de chá de leite
  • 1 lata de leite condensado
  • 1 colher de sopa de manteiga
  • 1 xícara de farinha de trigo
  • 200g de mandioca cozida 
  • 1 pacote de coco ralado (100g) - coco natural fica muuuito mais gostoso
  • 1 colher de sobremesa de fermento em pó 


Modo de fazer: 
1- Bata no liquidificador os ovos, leite de coco, leite normal, leite condensado e manteiga. 
2- Acrescente farinha, mandioca e o coco aos poucos de acordo com a potência do seu liquidificador. 
3- Verta em uma tigela e adicione o fermento sem bater. 
4- Despeje em uma forma de cone central untada com manteiga e polvilhada com açúcar e asse em forno médio (180 graus), pré-aquecido por 1 hora ou até que o palito saia limpo ao espetar o bolo. 

Usei formas médias e renderam 2 bolos. 

Vou dar de presente de páscoa para minha vizinha!



domingo, 24 de março de 2013

Refogado de soja tailandês




Um jeito diferente e delicioso de fazer a proteína de soja ! 

Ingredientes: 

  • 1 xícara de soja seca 
  • 2 dentes de alho em brunoise*
  • 1 colher de chá de gengibre em brunoise*
  • 1/2 pimenta dedo de moça sem sementes em brunoise*
  • 1 cenoura picada
  • 1/2 bandeja de vagem fina 
  • 3 colheres de sopa de shoyo
  • 2 colheres de sopa de óleo de gergelim
  • Azeite de oliva
  • Mostarda em grão a gosto 


Modo de fazer: 
1- Hidratar a soja com 2 copos de água morna por 10 minutos. 
2- Escorrer bem apertando uma colher contra a peneira.
3- Dourar o alho com um pouco de azeite de oliva e acrescentar a pimenta e a cenoura. 
4- Adicionar meio copo dágua e a mostarda em grão. Refogar por 4 minutos aprox. 
5- Agregar a vagem, mais 3 dedos de água e cozinhar por mais uns 4 minutos a fogo médio. 
6- Incorporar a soja, gengibre, shoyo e óleo de gergelim, refogar 3 minutinhos, apagar o fogo e salpicar cheiro verde! 



Com ovinho poché e agrião.. hummm!!!

quarta-feira, 20 de março de 2013

Abobrinha gratinada com bolonhesa de soja

Já tenho fogão de novo!!! Que é lindo, tem a chama forte e a partir de agora voltaremos com tudo na cozinha! 
Fiquei 2 meses sem fogão porque tirei a cooktop antiga do compartimento e esperei o gabinete de granito ficar pronto pra encaixar a cooktop nova. 
Enquanto isso foram muitas comidas no microondas (arroz, macarrão, mingau de aveia! e deu super certo!) e de forno também, já que o meu é separado do fogão. 
Essa é uma receita bem prática e que carece somente de um forno um pouco menos manhoso que o meu, e uma tábua de picar se o molho já estiver pronto. 



Ingredientes:
  • 3 abobrinhas italianas com casca, fatiadas finamente
  • 2 xícaras de Proteína de soja texturizada fina   - clique para ver a receita
  • 1 lata de tomati pelati 
  • Azeite de oliva a gosto 
  • Queijo parmesão em lascas a gosto 
  • Pimenta do reino moída na hora 





Modo de fazer: 
1- Unte com um pouco de azeite um pirex médio
2- Disponha uma camada generosa de rodelas de abobrinha. 
3- Coloque um pouco de queijo parmesão. 
4- Adicione mais uma camada de abobrinhas e coloque o molho bolonhesa. 
* Para o molho, misturamos a soja refogada no tomati pelati e deixamos ferver de 5 a 10 minutos. Corrigimos o sal e a acidez com açúcar se for necessário. 
5- Acrescente a última camada de abobrinha, mais queijo e regue com mais um pouco de azeite. 
6- Leve ao forno por 40 minutos aprox ou até que a água tenha secado e a parte de cima esteja dourada.

Di-vi-no! 

segunda-feira, 18 de março de 2013

Como preparar proteína de soja texturizada fina


A proteína de soja é tão versátil quanto a carne moída. A diferença no preparo, é que a soja requer mais temperos e precisa ser hidratada e bem escorrida.

Ingredientes:
- 1 xícara de proteína de soja texturizada fina
- 2 xícaras de água morna 
- 1 cebola em brunoise 
- 2 dentes de alho em brunoise 
- 1 col chá rasa de páprica picante
- 1 col chá rasa de mostarda em grão moída na hora
- Pimenta do reino moída na hora
- Sal
- Azeite de oliva
- Azeitona verde picada
- Manjericão fresco

Modo de fazer:

1- Hidrate a soja com água morna durante 10 minutos.
2- Com a ajuda de uma peneira, escorra bem apertando a proteína.
3- Em uma panela coloque o azeite e refogue o alho com a páprica
4- Junte a cebola picada e refogue bem.
5- Acrescente a soja, a mostarda em grão.
6- Refogue por alguns minutos.
7- Apague o fogo e incorpore a azeitona e o manjericão.

Esta é a base para vários pratos. Podemos fazer molho a bolonhesa, recheios de tomate, abobrinha, lasanhas.. ou comer pura, com arroz, feijão novinho e jiló grelhado! humm!


sexta-feira, 8 de março de 2013

Caldinho de batata barôa, gorgonzola e agrião




Vocês tão reparando como esse blog tá saudável? 
Muitas verduras e legumes pra proteger meus leitores queridos de doenças relacionadas aos maus hábitos alimentares! 

Esse creminho pode ficar mais ou menos light dependendo do queijo, tipo de requeijão e demais acompanhamentos. Pra o caso de mais light, use ricota ou queijo minas. 
No nosso usamos gorgonzola por combinar muito bem com a barôa, e o agrião que deu um toque picante e crocante ao prato. 

Ingredientes para 4 pessoas: 
- 1/2 quilo de batata barôa
- 1 cebola em brunoise
- 2 dentes de alho
- 2 colheres de sopa de requeijão light
- Pimenta negra moída na hora
- Mostarda em grão
- Azeite de oliva
- Sal 
- Queijo gorgonzola a gosto
- Agrião fresco 
- Sementes de linhaça

Modo de fazer: 
1- Pique o alho e doure a fogo baixo no azeite de oliva. 
2- Adicione a cebola picada, mostarda em grão e refogue. 
3- Incorpore a batata barôa lavada e com casca (fibras!)
4- Deixe cozinhar por 5 minutos mexendo sempre e adicione 1 litro de água. 
5- Cozinhe até que fique macia. Bata no liquidificador e volte para a panela. 
6- Acrescente o requeijão, dê mais uma fervura e tempere com sal e pimenta
7- No momento de servir coloque o queijo e as folhas de agrião. 

Que tal a versão com linguiça calabresa fritinha?? ;)






quinta-feira, 31 de janeiro de 2013

Abóbora madura e vinagrete de tomilho





Alguns conhecem como abóbora outros como jerimum. Dentro os vários tipos, escolhi a abóbora madura pra fazer assadinha, bordas quase queimadas e servir com um vinagrete de tomilho bem fresquinho. 
Aqui em casa sempre fazemos dias vegetarianos. Nada imposto, nada de fundamentalismos. Acreditamos no equilíbrio e na energia dos alimentos. 
Apesar de não ser vegetariana, respeito muito a prática, tanto que nosso dia a dia em casa é sem carne e quando a consumimos, damos preferência a alimentos orgânicos, os que levam o certificado "Certified Humane". 
Cada um tem sua história de vida e devemos respeitar as escolhas das pessoas. 

O segredo da saúde ? Equilíbrio ! 

Ingredientes para 4 pessoas: 
- 500gr de abóbora madura (as melhores tem a casca fosca. As de casca brilhosa foram colhidas antes do tempo)
- azeite de oliva 
- pimenta calabresa
- sal 
- açúcar mascavo
- 1 anis estrelado
- 1 xícara de água 
- papel alumínio

Modo de fazer: 
1- Lave a abóbora e corte em fatias não muito finas. Ligue o forno.
2- Em uma forma abra o papel alumínio e coloque a abóbora. Tempere com sal, pimenta, azeite e polvilhe o açúcar mascavo por cima.
3- Coloque a água dentro do envelope de alumínio tomando cuidado das bordas estarem bem altas evitando que a água saia do envelope. Adicione o anis estrelado. 
4- Feche bem e leve ao forno por 30 minutos. Em seguida, abra o envelope e doure as espetaculares fatias de abóbora! 10 minutos serão suficientes se você quiser que fiquem morenas como as da foto. 

Vinagrete de tomilho: 
- 1/2  cebola roxa
- 1 tomate maduro
- gotas de limão 
- vinagre balsâmico 
- Azeite de oliva
- sal e tomilho a gosto. 
Pique tudo, misture bem e mantenha refrigerado até o momento de servir. 
Acho que hortelã se encaixa bem no lugar do tomilho.
As sementes podem ser douradas na frigideira ou no forno e dão um toque sensacional!
Servimos com esse couscou de quinoa maravilhoso!